Blog

TPM – Causas e Alívio

Tensão Pré-Menstrual (TMP) é algo da qual muitas mulheres sofrem. Cólicas, inchaço, retenção de líquido e alteração de humor são sintomas que podem ocorrer durante a semana anterior à menstruação. A boa notícia é que existem muitas formas naturais para você tratar e prevenir a TPM.

O melhor ataque é a boa defesa, e essa frase é verdadeira especialmente com a TPM. Tudo o que você precisa é de algumas adições à sua rotina diária para ajudar a prevenir a TPM antes que ela comece.

Muitos sintomas da TPM podem ser atribuídos pela grande quantidade de estrogênio no corpo. freeimages.co.uk medical images
Na verdade, na segunda metade do seu ciclo o estrogênio cresce e a progesterona diminui. Normalmente, o excesso de estrogênio é processado pelo seu fígado, mas se o seu fígado já estiver sobrecarregado tentando processar outros agentes químicos, ele não será capaz de eliminar estrogênio adequadamente.

Se o nível de estrogênio aumenta no seu organismo, isto pode causar dor de cabeça, cólica, mau-humor, ansiedade e inchaço. Para ajudar seu fígado a desintoxicar, procure tomar suco de limão com água morna todas as manhãs e chá dente-de-leão durante o dia.

Outra ótima forma de controlar a TPM é através da sua alimentação. A TMP normalmente vem com desejos, inchaço, constipação e sintomas de hipoglicemia. Você pode preparar o seu corpo e evitar estes sintomas seguindo uma alimentação rica em fibras e vegetais folhosos. Evite os lanches açucarados e salgados, especialmente quando você está perto da menstruarão, eles farão com que os sintomas fiquem ainda piores.

Beba muita água, sucos verdes, vitaminas verdes e chá de camomila. Fazer uma dieta líquida no primeiro dia vai ajudar imensamente.

Se você está no meio de uma TPM brutal, aqui estão algumas dicas para reduzir os sintomas:

– Magnésio é um ótimo analgésico;  tomar 1 colher de chá antes de dormir parece ser muito útil para muitas. Eu uso e gosto muito da marca Calm, mas você pode escolher outra marca de confiança em seu país.

– Experimente opções naturais para controlar o seu fluxo. Muitos absorventes internos e externos possuem componentes químicos que podem penetrar em seu corpo e desregular o balanço natural de hormônios. Usar algo como absorventes de pano reutilizáveis ou um coletor menstrual (como DivaCup) podem ajudar a reduzir as cólicas e manter os produtos químicos nocivos longe do seu corpo.

– Atividades físicas e massagem podem ajudar a aliviar a TPM. Experimente algo leve, como caminhadas ou ioga para soltar e alongar os músculos tensos. Exercícios também liberam dopamina e serotonina, que são responsáveis pelo alívio da depressão e da ansiedade e ajudam na sensação de prazer.

pms cramps– Você também pode experimentar automassagens para aliviar as cólicas. Use óleo essencial de lavanda ou gerânio misturados com óleos de massagem para promover relaxamento e equilíbrio. Comece pela parte interior da coxa direita e virilha e massageie indo em direção às costelas, com punhos fechados. Massageie toda a área das costelas e então desça em direção à virilha e coxa esquerda.

A TPM pode der desconfortável e dolorosa, mas com apenas algumas adaptações e mudanças você será capaz de prevenir os piores sintomas e tratar o restante naturalmente e saudavelmente. Ela pode ser dramaticamente aliviada e até mesmo eliminada, apenas incorporando uma alimentação saudável e também hábitos mais saudáveis.

O corpo foi feito para ser saudável, e não para estar doente ou com dor. Dê ao seu corpo o que ele precisa e ele vai responder com muitas recompensas. O mais importante é manter uma alimentação limpa para prevenir os sintomas desagradáveis.

Esperamos que tenha gostado deste artigo. E se achar que alguém mais pode se beneficiar com ele, por favor, compartilhe!

Viva uma vida extraordinária!

Laura & Tammy

Quer ter MAIS ENERGIA?

Cadastre-se e receba nossas DICAS, DESAFIOS e OPORTUNIDADES para melhorar a performance
e estar em forma para o sucesso.

Curtiu? Então, compartilha! 👇

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email