Blog

Ep#5 Porque Disciplina Não Vai Fazer Você Mudar Seus Hábitos

Neste episódio você vai descobrir que a disciplina não vai fazer você mudar seus hábitos, e vai também descobrir o que precisa fazer para REALMENTE conseguir fazer aquilo que deseja quando “falta disciplina”.

 00:55 - O sonho de Laura 
06:11 - É fácil ter disciplina?
08:52 - A importância de ter uma vida saudável para a longevidade
13:07 - Construa boas paredes para sua casa
17:04 - Perguntas e reflexões desse podcast

Transcrição do Áudio

Buenas Buenas, estamos aqui para mais um episódio, e hoje, a gente vai falar: Porque a disciplina não é o que vai fazer de verdade você mudar os seus hábitos!

[ Tammy ]

Então, o pessoal que segue a gente já viu você nos stories fazendo pull ups (flexões), fazendo exercício o tempo todo… Mas nem sempre foi assim, não é isso Laura? Onde é que isso começou?

O sonho de Laura (00:55)

[ Laura ]

Na verdade assim, eu sempre quis ter um corpo atlético, sempre quis ter um corpo definido, nunca quis ter um corpo super mega trabalhado, mas queria ter ele definido, um corpo onde eu me sentisse bem, me sentisse forte e que poderia fazer às coisas do dia a dia sem problemas.

Sempre desde criança admirei atletas, admirei os times de futebol e tudo que fosse time, só que eu jogava futebol com os meninos do bairro, eram todos meninos menos eu, eles brigavam para que jogasse no time deles porque eu era realmente muito boa. 

Sempre foi meu sonho, eu queria jogar futebol profissionalmente, mas naquela época, imagina, estou com quase 45… 

Era quase impossível, pelo menos aqui na argentina e na américa latina era coisa de menino e não coisa de menina, então fui deixando pra lá, sempre foi um sonho mas ficou nesse sonho, mas eu sempre gostei, sempre gostei de ser ativa, até em algum momento eu pensei, ok. 

Quando as pessoas perguntavam o que você quer quando quer ser quando você crescer, e eu falava duas coisa, verdureira (vender verduras e frutas) e a outra era professora de educação física, mas aí quando eu fui crescendo, a sociedade e meus pais também… Não, com isso você vai morrer de fome, não vai fazer dinheiro, escolha outra coisa que te dê dinheiro… 

Enfim, eu deixei contaminar e influenciar meus desejos e foi ficando pra lá… Pra um dia que talvez eu consiga e a vida foi me levando. 

Me levou pra outro lugar na verdade, e estava cada vez mais longe de ter esse corpo definido que eu queria, ou de ser professora de educação física, enfim, tinha uma vida super sedentária (a Laura trabalhava na C&A como central de TI), ficava no computador, oito, nove, doze e às vezes dezesseis horas por dia, virava a noite, enfim.

Uma vida completamente diferente, mas mesmo assim nessa vida sedentária, sempre tinha esse desejo de ‘’ok agora vamos jogar futebol’’ tinha uma amigas que jogavam e começou a ser mais comum, e jogava futebol, tinha uma bicicleta, ia de de bike daqui pra lá, mas nunca foi uma coisa consistente, de me comprometer a fazer isso como algo fixo, nunca foi meu foco.

Meu foco nesse momento era cuidar do trabalho, de pertencer a um grupo, estar com meus amigos e amigas, sair de noite e na farra, e isso nunca foi a minha praia, eu sempre fui aquela ovelha negra que gostava de dormir cedo, que não gostava de dormir tarde. 

Mas enfim eu entrei nessa vida por um tempo nesse momento adolescência, depois da adolescência, e fui ficando, cada vez mais longe desse desejo

[ Tammy ]

É, e para você ter um corpo definido, realmente você precisa ter essa consistência… É aquela história, você não consegue fazer o músculo de um dia pro outro ou indo na academia uma vez por mês…Não vai acontecer, você precisa de uma regularidade

[ Laura ]

Depois fui descobrir que são muitos outros fatores que te levam a chegar nesse objetivo, mas neste momento era ‘’ok, eu preciso treinar, fazer disso algo consistente’’ se eu não me dedicar eu não vou conseguir. 

E aí eu decidi ‘’ok, vou fazer um curso de personal trainer’’ não pude ser professora de educação física então agora eu vou fazer um curso de personal trainer que era curtinho, naquela época estava começando a ter esses cursos extra universidade e enfim. 

É fácil ter disciplina? (06:11)

Fiz o curso, me envolvi nesse mundo um pouquinho a mais até comecei a namorar um triatleta, professora de educação física também, então passei a viver meus dias em uma academia e muito envolvida nesse mundo já que acompanhava ela na viagens, quando ela competia, e eu vi o trabalho e a dedicação que tudo isso envolvia ne? 

E eu falei ‘’Meu Deus, eu não tenho disciplina pra isso’’ Se eu quero isso eu preciso viver pra isso e aí comecei com historinhas ‘’Não, é difícil começar nesta idade (perto dos 30)’’ Eu percebi que pra chegar nesse nível eu precisava me dedicar nesse nível, e eu não tinha disciplina para isso.

[ Tammy ]

E aí faltou disciplina e começou a contar histórias como ‘’Já to chegando nos 30, meu corpo já não é mais o mesmo, vai ser muito difícil…’’ Por que talvez você não tivesse o foco que às pessoas que você estava vendo a sua volta tinham, mas era disciplina?

[ Laura ]

Não, foi esse o momento da sacada, quando eu parei e me toquei que ‘’pera aí, não é só disciplina, essas pessoas tem disciplina mas antes do que tem disciplina tem uma dedicação absurda’’ 

[ Tammy ]

E por que você descobriu que essa dedicação? Qual a verdade verdadeira aí?

[ Laura ]

É porque isso era prioridade na vida dessas pessoas, e foi esse o momento da sacada ‘’peraí, essa não é a minha prioridade, eu tenho outras prioridades’’, você sabe quando você quer muito uma coisa, mas não é o mesmo quando você está comprometido a fazer uma coisa.

Querer não é o mesmo que ter o compromisso pra fazer isso acontecer, e eu não tinha isso, não tinha isso como prioridade, não tinha o compromisso de fazer isso acontecer, eu queria, era um desejo por muito tempo mas a vida foi levando, eu fui deixando pra lá… 

[ Tammy ]

Mas em algum momento você colocou isso como prioridade, porque a gente vê você se exercitando, vê você fazendo essas flexões e sei que não é qualquer um que faz…

Como é que você conseguiu colocar isso como uma prioridade na sua vida? O que foi que te deu esse estalo, que fez você pensar ‘’não eu preciso colocar isso no topo da minha lista’’?

A importância de ter uma vida saudável para a longevidade (08:52)

[ Laura ]

Isso foi conhecimento na verdade, começou a acontecer um pouquinho a mais de um ano atrás, que eu coloquei isso como consistência, todos os dias da minha vida treinar e fazer essas flexões que na verdade qualquer um pode fazer, e é o que estamos falando aqui, é consistência. 

Foi mais ou menos dois anos atrás quando eu comecei a entender que a nossa massa muscular, o nosso músculo, é o que nos vai dar longevidade saudável né? 

A nossa vida toda, o nosso sistema endócrino, nosso metabolismo, nosso sistema imunológico, depende da saúde do músculo, de quanto a nossa saúde muscular está saudável. 

E existe uma coisa que foi o ponto da virada, saber que depois dos 35 o seu corpo não está mais em processo de crescimento anabólico, mas sim ele começa a entrar em processo catabólico de declinar, e isso é inevitável! 

Isso não é mito, é verdade, você precisa depois dos 35 cuidar e manter essa massa muscular porque a partir dos 35 a força diminui 1% ao ano e a massa diminui entre 2% e 3% ao ano, a partir dos 35, então quando você chegar aos 80, se eu quero chegar aos 80 eu preciso fazer o que tem que fazer para manter essa massa muscular intacta ou pelo menos não perder mais ainda.

‘’Eu quero passar dos 80’’, e com certeza nós vamos, eu falei 80 pra ser boazinha, mas então esse foi o perai, eu preciso fazer isso porque quando eu chegar na menopausa já é tarde, não é o melhor momento pra começar, quando eu estiver doente, não é o melhor momento para começar… 

Eu considero que a sabedoria vem de saber antecipar, de saber antecipar e de agir sobre isso que você sabe, pois saber não é o mesmo que fazer. 

E foi aí que eu falei ok, isso vai ser uma prioridade na minha vida, e hoje um dia que estou sem treinar eu fico louca, então a sacada é essa, tudo bem a disciplina é necessária, mas não é o mais importante, se você ainda não tem a disciplina, é porque aquilo não é uma prioridade na sua vida primeiro, os motivos vem primeiro, a disciplina vem em segundo. 

Pensa se você tem uma coisa que você já conquistou ou que você já fez ou que você faz com facilidade, você não precisa de disciplina pra isso, com certeza aquilo é uma prioridade na sua vida, então pra você, conquistar aquilo que você quer, precisa colocar isso como prioridade e a disciplina vai vir.

Então pra mim foi assim, peraí eu não posso esperar mais 10 anos quando minha massa muscular tenha diminuído 10% ou 15% pra começar a querer manter essa massa muscular, e claro que essa massa muscular pode ser mantida através dos exercícios de resistência, levantando peso pesado, mais do que o peso do seu próprio corpo, mas também com a alimentação, a alimentação é fundamental, são as duas que fazem com que você mantenha essa massa muscular.

Até os 35 você pode se dar bem com qualquer coisa, comer qualquer besteira e você parece saudável, mas ia quando passa dos 35 a história é outra, você precisa mudar a composição do seu prato, precisa começar a se mexer, se ainda não está se mexendo é hora

Construa boas paredes para sua casa (13:07)

[ Tammy ]

É fundamental você ter uma base sólida, é igual você querer colocar um telhado pesado em uma casa que às paredes estão frágeis, então é importante você ter essa função e essa base que vem muito da alimentação, e eu aprendi isso na marra, pra que você possa então colocar esse teto forte que seria nutrição corporal, a massa muscular e tudo isso

[ Laura ]

E quanto mais velho você vai ficando,e quando estou falando de velhice estou falando de depois dos 35, 40, que a mulher…nosso maior público, que a partir dos 40 começa a entrar em um processo de menopausa e tudo isso começa a ficar mais evidente e mais importante, então nossa transição pela menopausa depende não só do momento da menopausa.

De novo, antecipar né, depende do que você está fazendo antes, e por isso, melhorar essa composição corporal através da alimentação, colocando seus macronutrientes do jeito certo e através do exercício de resistência, são fundamentais, não podem ser ‘’a um dia vou começar a malhar, um dia isso, um dia aquilo..’’ 

Não! O melhor momento para consertar o telhado é quando tem sol, não quando tem chuva, então se você ainda não começou, é o momento de começar!

[ Tammy ]

E melhor é saber que é fundamental como você falou, que é fundamental e importante e que sim, é difícil, mas não é difícil por que falta disciplina, não é difícil porque eu não sei me organizar, não é difícil porque a minha vida tá muito cheia, é muito corrida e eu não tenho tempo pra isso, é difícil porque você ainda não colocou a prioridade.

[ Laura ]

Não é sua prioridade porque não tem motivos! Ainda não tem esses motivos, então é fundamental associar, quando você quer um mudança do tipo, e essa sacada que foi, realmente foi algo que me serviu pra tudo na vida.

Pra você fazer uma mudança de verdade e que seja consistente, primeiro você precisa associar muito a dor aquilo que você não quer deixar, ou aquilo que você não quer deixar, que esta sendo difícil de deixar, e muito que você quer mudar.

Então pra mim eu estou fazendo isso que estou fazendo hoje. Hoje estou tendo o corpo que sempre quis, e trabalho para isso todos os dias, da maneira que hoje eu me mexo eu quero viver daqui a 20, 30, 40 ou 50 anos.

Eu não quero que ninguém tenha que me puxar… eu quero me puxar e me empurrar…. quero ser independente quando tiver 80 ou 100 anos, e não depender de ninguém, eu quero viajar e poder levar a minha mala e não depender de nenhum carrinho, de ninguém pra me ajudar! Ou eu quero brincar com as crianças e poder ser feliz, saudável e me sentir livre! 

Então esse é o meu motivo, pra mim isso é muito mais prazeroso do que a dor de ter que malhar ou ter que me cuidar, pra mim isso é um prazer.

[ Tammy ]

Talvez a sua dor, aquilo que você deseja muito não seja exatamente o malhar, ou não tenha relação direta com isso, mas aí a pergunta que a gente deixa pra vocês hoje nesse podcast é justamente essa.

Perguntas e reflexões desse podcast (17:04)

Qual é o seu desejo, ou qual é a sua dor? O que você quer muito, o que é que você quer que acontece na sua vida, e por que você ainda não implementou isso? Por que você não fez isso acontecer? 

Por que falta disciplina? Por que sua vida é agitada? Ou simplesmente porque você não colocou como prioridade? 

Quer ter MAIS ENERGIA?

Cadastre-se e receba nossas DICAS, DESAFIOS e OPORTUNIDADES para melhorar a performance
e estar em forma para o sucesso.

Curtiu? Então, compartilha! 👇

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

2 comentários em “Ep#5 Porque Disciplina Não Vai Fazer Você Mudar Seus Hábitos”

Deixe um comentário