Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Dia da Terra

21/04/2014 | By | No Comments

Dia 22 de Abril é o Dia da Terra. Muitas pessoas são descrentes e não acreditam que podemos fazer algo para mudar o planeta. Elas pensam que ações individuais não resolverão o problema. Nós acreditamos exatamente no contrário. São as pequenas coisas que causam ações em massa e geram mudança. Nós sempre esperamos que o vizinho tome alguma atitude, mas a mudança está em nós e pode gerar um efeito dominó. Lembre-se, não são apenas as coisas ruins que espalham-se facilmente.

O que já está bem claro é que não temos tempo a perder. O nosso planeta está gritando e implorando para que a gente pare e tome alguma atitude. Mas parece que não estamos ouvindo. Nós fazemos a mesma coisa com o nosso corpo, até que seja tarde demais.

Passos pequenos, diários e individuais são aqueles que produzem efeitos em massa e mudança de verdade.

Hoje vamos compartilhar com vocês alguns cuidados que podemos tomar para contribuir com um mundo melhor. Como na história do beija-flor que contribui com uma gota d’água para apagar um incêndio, talvez as nossas ideias possam inspirar você para começar a agir também.recycle-151416_640

Supermercado: compre os alimentos a granel e reutilize sacolas. Evite comprar alimentos convencionais e embalados, eles geram muito lixo, são cheios de produtos químicos e além disso são caros pois não têm nenhum valor nutricional, você está pagando basicamente pela embalagem. Compre produtos orgânicos, locais e sustentáveis, vá às feiras de produtores locais sempre que possível. Alimentos com menos quilômetros rodados, sofrem menos estresse e mantém um maior número de nutrientes.

Comida: não se deixe enganar. Não é porque uma embalagem diz que ao alimento é orgânico, natural, verde, ou qualquer outro apelo de marketing, que o alimento será saudável. Sempre leia as embalagens com cuidado, de cima a baixo. Normalmente os ingredientes “proibidos” estão no final da lista.

Prepare as suas refeições do zero e procure sempre utilizar a compostagem para reduzir a produção de lixos. A compostagem com minhocas é uma das melhores e também pode ser feita em apartamentos.

Escolha refeições vegetarianas ou veganas com mais frequência. Plante os seus próprios alimentos. Você não precisa de um jardim imenso para cultivar apenas algumas ervas. Ainda que você more em um apartamento, é possível plantar em vasos.

Procure comer menos carne e produtos de origem animal. Caso você consuma produtos animais regularmente, aqui estão as nossas dicas:

  • Carne vermelha: escolha carnes orgânicas, de animais alimentados com pasto e de agricultores conscientes e sustentáveis.
  • Aves e Ovos: escolha produtos orgânicos, de aves criadas fora de gaiolas e alimentadas apenas com vegetais.
  • Lacticínios: orgânicos, não pasteurizados e de animais que foram alimentados apenas com vegetais. As rações muitas vezes possuem alimentos que não seriam normalmente ingeridos pelo animal e/ou alimentos transgênicos.

Lavando roupas: antes de colocar as roupas no cesto de roupa suja, pense duas vezes se aquela peça realmente precisa ser lavada. Algumas vezes não precisa. Reduza a quantidade de vezes que usa a máquina de lavar e use sempre água fria. Use apenas produtos sustentáveis e amigos do meio-ambiente. Ao invés de utilizar amaciante, por exemplo, você pode usar ½ xícara de bicarbonato de sódio ao ciclo de lavagem e assim você terá roupas naturalmente macias e fofinhas.

clothespins-9273_640

E antes de colocar a roupa na secadora, pergunte-se: eu realmente preciso secar essas roupas na secadora? A secadora destrói os tecidos e desperdiça muita energia. Se você mora em uma casa, pode estender as roupas em um varal e deixa-las secar naturalmente no sol e vento. Você vai perceber os resultados. Elas vão até ter o cheirinho do sol!!! (sim, o sol tem cheiro… pelo menos para nós). E se você mora em um apartamento, porque não estender as roupas num varal de roupas retrátil?

Limpeza: use produtos não tóxicos. Normalmente bicarbonato de sódio, limão, vinagre e alguns óleos essenciais podem fazer o trabalho da limpeza. Misture 4 partes de água com 2 partes de vinagre e 1 colher de sobremesa de bicarbonato de sódio e você terá um produto de limpeza geral caseiro.  Adicione 10 gotas de óleo de tea-tree e você tem um desinfetante.

Higiene pessoal: se você utiliza maquiagem e antitranspirante, certifique-se de que eles possuem apenas ingredientes naturais. Mas fique atento, pois mais de 250 produtos químicos são permitidos dentro da denominação “natural”.

Mas antes de se maquiar, reflita… você realmente precisa de maquiagem? Para que esconder a sua beleza atrás de produtos nocivos à base de petróleo? (aliás, você sabia que existe uma guerra pelo petróleo?). Você é bonita do seu jeito, mostre a sua beleza natural! Coma vegetais, frutas, gorduras boas, sementes e você terá um brilho natural vindo de dentro de você!

Como antitranspirante, use óleos essenciais ou sais minerais. E não esqueça que transpirar é natural e é uma forma do seu corpo desintoxicar. Um corpo intoxicado é a causa de muitas doenças.

Os sites a seguir oferecem ótimas informações (em inglês) sobre marcas e ingredientes que devem ser evitados. Sugerimos que você adicione eles aos seus favoritos. Environmental working group e Toxic Nation

Bebês: considere a utilização de fraldas de pano, elas são menos nocivas para o seu bebê e para o planeta. Cloreto e outros produtos nocivos não são utilizados na sua fabricação. O mesmo princípio funciona para lenços umedecidos. Considere utilizar um paninho com água e óleos essenciais. Se você não consegue evita-los, pelo menos escolha uma marca mais consciente. E mais uma vez: não se engane com aquilo que as embalagens dizem. Analise com atenção os ingredientes, se existe algum que você não consegue ler ou pronunciar, não compre.bicycle-159276_640 (1)

Transporte: caminhe, corra, ande de bicicleta, use o transporte público. Você também pode pegar/oferecer carona quando possível. É realmente necessário dirigir em trechos curtos?

Compras inteligentes: compre apenas produtos que você precisa, não tudo aquilo que você quer. Compre de fornecedores conscientes. Algumas coisas  são mais caras, mas são mais duráveis e únicas.

Antes de comprar coisas baratas, faça as seguintes perguntas para você mesmo: de onde vem este produto? Em quais condições foi fabricado? Lembre-se que muitas vezes os tecidos vêm do algodão geneticamente modificado, que destrói o solo e a biodiversidade. Além disso, milhões de crianças de países em desenvolvimento são abusadas e forçadas a trabalhar em fábricas de roupas que nós compramos sem saber das reais condições.

O “mais barato” financeiramente muitas vezes pode sair mais caro para o meio ambiente. Considere também comprar produtos de segunda mão sempre que possível.

Doações: não jogue as coisas que você não usa mais fora. Doe! Muitas pessoas precisam destas coisas que você não quer mais.

E lembre-se que pequenas mudanças geram resultados em massa. Feliz Dia da Terra!

Esperamos que tenha gostado deste artigo. E se achar que alguém mais pode se beneficiar com ele, por favor, compartilhe!

Viva uma vida extraordinária!

Laura & Tammy

Submit a Comment

Já baixou o ebook?

Conheça 7 pilares simples que podem ser aplicados no seu dia-a-dia para ter mais energia

You have Successfully Subscribed!