Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Como tornar seu organismo alcalino e ter mais produtividade

13/04/2018 | By | No Comments

Muitas pessoas que se queixam de falta de produtividade, foco e fadiga crônica não imaginam que os níveis de pH do corpo muito influenciam na sua disposição física e mental.

Você tem falta de clareza da mente, sonolência constante, inchaço, imunidade baixa, entre muitos outros sintomas que te impedem de ter uma produtividade plena e satisfatória? Pois saiba que eles costumam se manifestar junto a uma diminuição do pH do corpo, ou seja, um pH ácido.

O que mais vemos na sociedade contemporânea é a predominância desse desequilíbrio, principalmente em virtude de uma alimentação altamente acidificante. Nesse sentido, é fundamental saber como tornar seu organismo alcalino para ter mais produtividade em sua vida. É o que vamos te mostrar agora!

O pH humano e alimentação

Segundo o químico Linus Pauling, ganhador dos prêmios Nobel de Química em 1954 e da Paz em 1964, os níveis ideais do pH humano para uma boa saúde devem variar entre 7,1 e 7,4, o que significa uma ligeira alcalinidade. Abaixo disso seria considerado ácido e acima, muito alcalino, o que também significa desequilíbrio.

Ainda que cada órgão tenha sua própria média, os níveis ideais apresentados por Pauling são para o organismo em sua integridade. Por mais que haja mecanismos de restabelecimento do pH pelo próprio corpo, um ambiente ácido é o que tem se tornado mais comum na sociedade e o que favorece o aparecimento de diversos desequilíbrios a curto e longo prazo.

Com a elevação da acidez, o organismo é obrigado a se neutralizar a partir da retirada de sais minerais dos órgãos vitais, como o cálcio e magnésio presentes nos ossos, por exemplo, o que favorece a osteoporose. Além disso, a acidez está associada a processos inflamatórios, portanto, ao envelhecimento precoce, dores crônicas, como enxaquecas, ganho de peso, alergias, hipertensão, falta de oxigenação celular e ao próprio câncer.

Alimentação alcalina combate a fadiga (banco de imagem Pixabay)

O que muitos não sabem é que a fadiga crônica também entra nessa lista, segundo o autor do livro “O Milagre do pH”, médico Robert O. Young. Isso impacta diretamente na sua produtividade, e para fugir da falta de forças e clareza de pensamento, a alimentação seria uma das principais rotas para o bem-estar.

Entre os principais alimentos e bebidas acidificantes estão todos os industrializados, refinados e ultraprocessados; frituras a base de óleos vegetais como milho, soja e canola; bebidas alcoólicas; açúcar e carnes leite e derivados.

No outro lado, os alimentos que auxiliam na alcalinização são as hortaliças; grãos e sementes germinadas; legumes; alimentos com equilíbrio entre ácidos graxos ômega 3 e 6, como óleo de linhaça; água ionizada; e todos ricos em antioxidantes, como frutas, com destaque para o limão e todas aquelas ricas em vitamina C.

Não à toa, as verduras, principalmente as verdes escuras, e o limão estão constantemente presentes nos sucos verdes que tomamos diariamente! Entre diversas receitas, temos o Manual do Suco Energizante, altamente alcalino e capaz de aumentar sua produtividade em 100%. Quer saber mais? Vamos abrir os detalhes para você aqui.

Para você que gostou do assunto, saiba que existem testes de farmácia que auxiliam a identificar seus níveis de pH, porém é recomendado não só uma conversa com seu médico como também uma auto-observação diária dos seus hábitos, que vão dar o real parâmetro de uma vida mais saudável, plena e produtiva!

Submit a Comment

Já baixou o ebook?

Conheça 7 pilares simples que podem ser aplicados no seu dia-a-dia para ter mais energia

You have Successfully Subscribed!